AQUELE QUE VIVE DE SONHOS

AQUELE QUE VIVE DE SONHOS, É FELIZ E HONRADO!
Nossa cidade merece sorrir!
Através deste blog você fica conhecendo minhas idéias, meu trabalho e interage comigo, contribuindo para o meu crescimento pessoal e profissional! Sinta-se à vontade para comentar!Grato!
‎"Quem não pode atacar o argumento ataca o argumentador."

Este Blog dedica-se à política na esfera municipal em qualquer parte do país. Logo, casos de corrupção em nível estadual e federal estão disponíveis apenas no meu Facebook. Raramente trato deles aqui.
Me adicione no Facebook: Aldeir Félix Honorato
Siga-me no Twitter: @AldeirFHonorato

quarta-feira, 30 de junho de 2010

Benefícios do Trabalho Voluntário - Final

Cuide dos Outros Para Cuidar de Si Mesmo
PARTE II

Pólo individual: o voluntário como maior beneficiário do trabalho voluntário

Conforme aponta a pesquisa:

“A visão dos voluntários sobre os benefícios do trabalho voluntário esteve centrada no paciente (50,5%), no voluntário (41,9%) e na instituição e a sociedade que receberam o trabalho (7,6%). (...) estes respondentes entendem que o voluntário é o mais beneficiado, relatando as razões para isso.
“As razões alegadas, (...) estão relacionadas ao aprendizado, à superação de si mesmo, ao redimensionamento do cotidiano e ao encontro com a própria humanidade.
A expressão – “vira humano outra vez” – faz entender que o contato, a convivência e a participação na vida do outro, na situação de sofrimento, desperta a sensibilidade humana no voluntário.
“O voluntário é o mais beneficiado por que ele redimensiona a vida. Ele redimensiona valores. Na hora em que começa realizar um trabalho forte, que vai a fundo, que acredita que vê que dá certo e que é possível, redimensionar tudo até o seu lidar com os problemas, vira humano outra vez”.
“... Essa riqueza que não existiria sem os homens e com a qual eles se gratificam mutuamente”. A gratificação mútua expressa uma relação de permuta entre as pessoas. A cooperação é própria da condição humana. “Não habitamos o mundo somente através do trabalho, mas fundamentalmente através do cuidado e da amorosidade”.
Outra interpretação sobre o voluntário ser o maior beneficiário está relacionada ao fato de o voluntariado buscar condições para uma existência digna e verdadeiramente humana. Nesse contexto, o trabalho voluntário expressa uma exigência no plano da realização pessoal, caracterizado como um lugar de refúgio e um espaço para encontrar motivos para viver com maior intensidade e conferir um sentido útil à existência.

De acordo com um dos entrevistados:

“o serviço voluntário é uma possibilidade de exercer minha cidadania plenamente. Eu só posso exercê-la plenamente na medida em que outras pessoas também possam. Ninguém pode ser cidadão se o outro que está ao lado dele não é, não importa se eu o conheço ou não”.

Disponível em http://juventudeativaps.blogspot.com/2009/11/coluna-o-futuro-comeca-agora-com-aldeir_25.html

Nenhum comentário: