AQUELE QUE VIVE DE SONHOS

AQUELE QUE VIVE DE SONHOS, É FELIZ E HONRADO!
Nossa cidade merece sorrir!
Através deste blog você fica conhecendo minhas idéias, meu trabalho e interage comigo, contribuindo para o meu crescimento pessoal e profissional! Sinta-se à vontade para comentar!Grato!
‎"Quem não pode atacar o argumento ataca o argumentador."

Este Blog dedica-se à política na esfera municipal em qualquer parte do país. Logo, casos de corrupção em nível estadual e federal estão disponíveis apenas no meu Facebook. Raramente trato deles aqui.
Me adicione no Facebook: Aldeir Félix Honorato
Siga-me no Twitter: @AldeirFHonorato

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

FILME “O BEM AMADO” - A MAIOR CONTRIBUIÇÃO À DEMOCRACIA BRASILEIRA NOS ÚLTIMOS TEMPOS


FILME “O BEM AMADO”
A MAIOR CONTRIBUIÇÃO À DEMOCRACIA BRASILEIRA NOS ÚLTIMOS TEMPOS
 Por Aldeir Honorato
Neste sábado, 28 de agosto de 2010, a quase um mês das eleições, assisti ao filme nacional “O Bem Amado”, uma Sátira Política. Com um elenco de 1ª linha e um roteiro bem delineado, o filme retrata em uma comédia a realidade da Política Brasileira do Século XX.
Baseada na obra do Dramaturgo brasileiro Dias Gomes, com uma história envolvente em torno da personagem protagonista Odorico Paraguaçu, Prefeito do município de Sucupira, “O Bem Amado” transporta o expectador, cidadão-eleitor, ao contexto político do Brasil do século XX.
A sensação que se tem é a de que a história é bem real e que acontece no município em que vivemos, seja qual for sua cidade.
1.     1 - Os discursos inflamados com ar de erudição,
2.    2-   o Populista Ditador,
3.   3-   a Câmara subserviente aos próprios interesses,
4.      a esquerda falida,
5.    4 -  “os fins que justificam os meios”,
6.    5 -  os acordos de interesses,
7.   6 -   a Prefeitura inoperante,
8.    7 -  as obras faraônicas que embelezam sem necessidade, superfaturadas às vezes, enriquecendo empreiteiros e 8 -alimentando o Caixa 2 de Campanha,
9.     9 - as mentiras repetidas várias vezes até se tornarem verdade,
10.10 - a conquista e manutenção do poder a qualquer custo,
11.11 -  os vilões que se fazem heróis.
Estas são algumas das questões tão bem colocadas pelo filme que denuncia o óbvio: A Corrupção nas Administrações Municipais de nosso Brasilzão! Todo e qualquer semelhança não é mera coicindência.
Felizes são o autor, artistas, diretores, a GloboFilmes e os patrocinadores desta Obra Prima da literatura e do Cinema Brasileiros. Muito oportuna a sua vinda neste período fundamental para nosso país. É lamentável que os mais pobres não tem acesso ao cinema! Triste que muitos dos que tem acesso, não gostam de cinema. Pena que vários não curtam o cinema nacional, assistindo apenas o estrangeiro. Solitária a sensação de que tão poucos valorizem e assistam a filmes deste gênero, como o Filme “Olga”. Incalculáveis seriam os benefícios se as massas assistissem a este filme e, de forma tão divertida, saíssem da alienação a que se entregaram e que fará com que nestas eleições de 2010 e nas de 2012 continuem a se eleger políticos comprometidos com o próprio bolso, insensíveis à dor e à miséria, e que não medem esforços para ter o poder pelo poder, escravizando não mais os corpos, mas as mentes das pessoas!
Que Odorico se torne apenas uma personagem e deixe de viver na alma (lama) de grande parte dos políticos brasileiros!

Este texto foi publicado também na Coluna "O Futuro Começa Agora" no BLOG "Juventude Ativa":

Nenhum comentário: