AQUELE QUE VIVE DE SONHOS

AQUELE QUE VIVE DE SONHOS, É FELIZ E HONRADO!
Nossa cidade merece sorrir!
Através deste blog você fica conhecendo minhas idéias, meu trabalho e interage comigo, contribuindo para o meu crescimento pessoal e profissional! Sinta-se à vontade para comentar!Grato!
‎"Quem não pode atacar o argumento ataca o argumentador."

Este Blog dedica-se à política na esfera municipal em qualquer parte do país. Logo, casos de corrupção em nível estadual e federal estão disponíveis apenas no meu Facebook. Raramente trato deles aqui.
Me adicione no Facebook: Aldeir Félix Honorato
Siga-me no Twitter: @AldeirFHonorato

terça-feira, 24 de maio de 2011

INEA realiza mega operação e interdita duas cerâmicas em Paraíba do Sul

Veja matéria exclusiva no PS News!
Acesse:

Enquanto uns ainda utilizam meios arcaicos de produção, outras empresas optam pela modernização fabril, buscando alternativas ecologicamente corretas, como esta: http://www.lepriceramicas.com.br/
A Cerâmica, por si só, causa degradação ambiental, mas também não podemos viver sem sua atividade. Logo, toda cerâmica deve adotar alguns procedimentos que reduzam seu impacto ao meio ambiente, como degradação do solo e desmatamento.
Para cumprir o que determina a legislação ambiental, os oleiros precisam de um registro, concedido pelo Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM), que autorize a extração da argila do subsolo.
Além disso, necessitam de uma Autorização Ambiental de Funcionamento.
A obtenção do título por parte de um produtor está diretamente ligada ao que se chama de direito de prioridade, segundo o qual o aproveitamento dos recursos mineiras de uma determinada área deve ser prioridade do primeiro interessado que a requerer, junto ao DNPM.
Há uma necessidade de conciliação da proteção ambiental e da viabilidade de produção.
Uma possibilidade ecológica é aproveitar resíduos descartados por empresas de celulose ou siderurgia na produção de cerâmica.
Infelizmente, no Rio de Janeiro, não existe um programa de incentivo à modernização das Cerâmicas, conforme há no Estado do Paraná.
Se trata de uma questão de sobrevivência a modernização das cerâmicas. Não apenas para o cumprimento da Lei, mas para competir em igualdade com a concorrência.
Parabéns PS News e INEA!

Saiu também em O GLOBO:
Inea fecha cerâmicas nas margens do Rio Paraíba do Sul
http://oglobo.globo.com/rio/mat/2011/05/24/inea-fecha-ceramicas-nas-margens-do-rio-paraiba-do-sul-924526898.asp

Nenhum comentário: