AQUELE QUE VIVE DE SONHOS

AQUELE QUE VIVE DE SONHOS, É FELIZ E HONRADO!
Nossa cidade merece sorrir!
Através deste blog você fica conhecendo minhas idéias, meu trabalho e interage comigo, contribuindo para o meu crescimento pessoal e profissional! Sinta-se à vontade para comentar!Grato!
‎"Quem não pode atacar o argumento ataca o argumentador."

Este Blog dedica-se à política na esfera municipal em qualquer parte do país. Logo, casos de corrupção em nível estadual e federal estão disponíveis apenas no meu Facebook. Raramente trato deles aqui.
Me adicione no Facebook: Aldeir Félix Honorato
Siga-me no Twitter: @AldeirFHonorato

sábado, 11 de junho de 2011

SAIBA QUAL É O VERDADEIRO PISO DO MAGISTÉRIO! SABIA O QUANTO O MEC TEM ATRAPALHADO A EFETIVAÇÃO DA LEI DO PISO!

DIVULGUEM ESTES VÍDEOS PARA OS PROFESSORES MUNICIPAIS DE NOSSA CIDADE!

PARAÍBA DO SUL PAGA O PISO NACIONAL?
R$ 1450,00
O PISO É O SALÁRIO BASE NÃO SE PODE CUMPRI-LO ATRAVÉS DE GRATIFICAÇÕES
COBRE NA JUSTIÇA, CASO NÃO CUMPRA



O vídeo acima, foi gravado em 11/05/2011, em palestra no encontro nacional da CONFETAM (Confederação Nacional dos Trabalhadores Municipais do Brasil: http://www.confetam.org.br/multimidia/videos/video.php?Id=160) com sindicalistas de federações e sindicatos de servidores municipais do Brasil inteiro, no Salão  Azul do Hotel Nacional, em Brasília, Distrito Federal, houve palestra e debate sobre a lei do piso dentro dos seguintes eixos:

 - Repercussão do julgamento da ADI nº 4167, pelo STF, na vida dos profissionais da educação do Brasil.

- Qual o Verdadeiro Valor do Piso dos profissionais da educação para 2011, nem é o cobrado pelo CNTE, nem é o fixado pelo MEC. Veja qual é!

- O MEC tem competência para criar piso ou os pisos que cria são piratas?

- Porque o MEC é um dos responsáveis pela sabotagem dos governantes à verdadeira implementação da lei do piso. O que fazer então com o MEC?

- 1/3 da jornada para atividade extraclasse é direito líquido e certo. OS SINDICATOS DEVEM COBRAR VIA MANDADO DE SEGURANÇA e

- Outras abordagens

Após a palestra no 1º bloco, houve as respostas às perguntas no segundo bloco:

A CONCLUSÃO FINAL É QUE A LEI DO PISO, COM ALICERCE CONSTITUCIONAL, MESMO DEPOIS DO JULGAMENTO DO SUPREMO, ESTÁ SENDO VIOLADA. POIS OS GOVERNANTES ESTÃO COLOCANDO SUA VONTADE ACIMA DA LEI E DOS PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS. 

É NECESSÁRIO UMA RÁPIDA REAÇÃO, O COMEÇO DE UMA CRUZADA NACIONAL, COMEÇANDO NA BASE DE CADA MUNICÍPIO, COM ESTRATÉGIA AO MESMO TEMPO MUNICIPAL, ESTADUAL E FEDERAL, DO MOVIMENTO SINDICAL QUE REPRESENTA OS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO, O QUE INCLUI TODO O MOVIMENTO SINDICAL, NÃO HAVENDO SINDICATO, FEDERAÇÃO, CONFEDERAÇÃO OU CENTRAL SINDICAL COM EXCLUSIVIDADE DE REPRESENTAÇÃO DA CATEGORIA DA EDUCAÇÃO. 

SINDICALISTA QUE ASSIM AGIR, QUERENDO SER OU QUE A SUA CENTRAL SINDICAL OU CONFEDERAÇÃO SEJA EXCLUSIVA, ISOLANDO-SE E DIVIDINDO A CATEGORIA, PARA SER O PAI DA CRIANÇA, ESTARÁ COLOCANDO OS INTERESSES PESSOAIS E POLITIQUEIROS À FRENTE DO INTERESSE DA CATEGORIA E DA LUTA PELA EDUCAÇÃO DE QUALIDADE. ESTA É A PRIORIDADE SUPRAPARTIDÁRIA, DE INTERESSE PÚBLICO E NACIONAL, QUE PAIRA ACIMA DE QUALQUER INTERESSE, COMO AS ESTRELAS PAIRAM SOBRE NOSSAS CABEÇAS! INCLUSIVE INTERESSE SUPRAGERACIONAL!

À CRUZADA ENTÃO! EM DEFESA DA LEI DO PISO, DA QUALIDADE DA EDUCAÇÃO E DO ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO!

http://valdecyalves.blogspot.com/
FONTE: 

http://valdecyalves.blogspot.com/2011/01/reajuste-do-piso-do-professor-para-o.html
LEIA TAMBÉM: 

Um comentário:

Carlos disse...

Por que o ato dos bombeiros cria um precedente perigoso

Os bombeiros assim como qualquer categoria têm o direito de pedir melhoria salarial, ocorre que por servirem junto com a PM, sob regime militar, lhes é vetado o direto à greve. Nos últimos dias o que tenho visto no Rio é um circo. Uma categoria que vem sendo “doutrinada” por políticos faz meses, chega ao ponto de rasgar sua lei militar, invadir um quartel, ocupar e inutilizar viaturas.
Ora, isso é inadmissível em um estado de direito. Imaginemos se médicos decidem fazer greve, invadir hospitais, furar pneu das ambulâncias e trancar as portas; E se um dia policiais em greve ocuparem os presídios e ameaçarem soltar os presos? Não obstante, teríamos ainda a possibilidade de Soldados do exército em greve, colocarem tanques para obstruir vias. Pergunto: Onde a sociedade vai parar? É esse o precedente que a sociedade deseja abrir com os bombeiros?
Para que não corramos esse risco há uma legislação militar que rege as FFA, Bombeiros e a PM. Independente de qualquer pleito salarial, ela tem de ser respeitada. No momento em que a sociedade permitir que essa lei seja ignorada, estará pondo em risco sua própria ordem.