AQUELE QUE VIVE DE SONHOS

AQUELE QUE VIVE DE SONHOS, É FELIZ E HONRADO!
Nossa cidade merece sorrir!
Através deste blog você fica conhecendo minhas idéias, meu trabalho e interage comigo, contribuindo para o meu crescimento pessoal e profissional! Sinta-se à vontade para comentar!Grato!
‎"Quem não pode atacar o argumento ataca o argumentador."

Este Blog dedica-se à política na esfera municipal em qualquer parte do país. Logo, casos de corrupção em nível estadual e federal estão disponíveis apenas no meu Facebook. Raramente trato deles aqui.
Me adicione no Facebook: Aldeir Félix Honorato
Siga-me no Twitter: @AldeirFHonorato

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

EXCLUSIVO: PREFEITO DE SÃO JOSÉ DE UBÁ ESCLARECE DENÚNCIAS SOBRE LEILÃO DE VEÍCULOS


(Clique na imagem e veja o Registro de Ocorrências feito em 2010)
O prefeito de São José de Ubá, José Hylen Gomes Ney, que é engenheiro do DER/RJ e está em seu segundo mandato como Chefe do Executivo daquela cidade, respondeu com veemência às acusações que foram feitas contra ele sobre o leilão de veículos realizados pela Prefeitura de São José de Ubá no ano de 2007.
José Hylen afirmou que não existem quaisquer fatos que possam ensejar qualquer ação ou pelo menos suspeitas de irregularidades no leilão da prefeitura. O leilão foi de total transparência, tanto que os editais convocando os interessados foram publicados em dois jornais de grande circulação em todo o país, o “Jornal do Commércio” e o jornal “O Dia”, ambos com sede na cidade do Rio de Janeiro.
Segundo Hylen, a história está relacionada a fatos que ocorreram após o leilão, inclusive podendo ter ocorrido fraudes em documentos públicos. Ele afirma que um veículo da marca SANTANA, da Prefeitura, foi arrematado pelo Sr. Ornaldo Figueiredo Rodrigues, pelo valor de R$ 19.600,00 (dezenove mil e seiscentos reais) e que o veículo foi vendido, pelo próprio Sr. Ornaldo, para outras pessoas.
Afirma, ainda, que o veículo, em 2010, apareceu rodando em São José de Ubá, usando uma placa oficial falsificada, já que a original está em poder da Prefeitura. E tão logo ele tomou conhecimento do fato, determinou ao Procurador da Prefeitura que fosse à Delegacia de Polícia de Itaperuna e registrasse o fato, para que a Polícia Civil apurasse os fatos e pudesse punir quem falsificou a placa. No mesmo registro, o Procurador ainda comunicou que um documento de transferência do veículo havia sido forjado, sendo o valor trocado de R$ 19.600 para R$ 30.000,00 (trinta mil reais). O registro de ocorrência, feito no dia 8 de outubro de 2010, ainda comunica que haviam informações de que teria sido feito um empréstimo no Banco do Brasil usando o referido veiculo. Ou seja, as denúncias trazidas a público agora, foram feitas pelo próprio prefeito diretamente à Polícia Civil, que é quem deve apurar tais crimes.
Além de comunicar à Policia Civil, para que ela apurasse os crimes, o Procurador ainda comunicou o fato ao DETRAN/RJ, à CIRETRAN e à Polícia Militar. Sendo que todas as providências possíveis foram tomadas. E o veículo já era para ter sido preso, uma vez que está circulando com documentação ilegal.
O prefeito afirma que nunca assinou nenhum recibo no valor de R$ 30 mil e que ele, tem certeza, que o documento foi falsificado, tanto que registrou o fato na Delegacia de Itaperuna.
Afirma José Hylen que ele contratou um advogado e está movendo uma ação judicial contra o órgão de imprensa que está lançando calúnias contra seu nome e que levará o caso até o final, para que a população tenha certeza de que seu governo é uma gestão séria e comprometida com os interesses da população ubaense. Hylen afirma que todas as suas contas foram aprovadas no Tribunal de Contas e que não admitirá que ninguém manche o seu currículo com denúncias infundadas e lançando suspeitas contra fatos que não ocorreram da forma que foram narrados.

Nenhum comentário: