AQUELE QUE VIVE DE SONHOS

AQUELE QUE VIVE DE SONHOS, É FELIZ E HONRADO!
Nossa cidade merece sorrir!
Através deste blog você fica conhecendo minhas idéias, meu trabalho e interage comigo, contribuindo para o meu crescimento pessoal e profissional! Sinta-se à vontade para comentar!Grato!
‎"Quem não pode atacar o argumento ataca o argumentador."

Este Blog dedica-se à política na esfera municipal em qualquer parte do país. Logo, casos de corrupção em nível estadual e federal estão disponíveis apenas no meu Facebook. Raramente trato deles aqui.
Me adicione no Facebook: Aldeir Félix Honorato
Siga-me no Twitter: @AldeirFHonorato

domingo, 2 de outubro de 2011

NETA SUPERA A AVÓ: Enquanto Areal cresce muito mais que Paraíba do Sul, Três Rios cresce e oferece cursos. Sapucaia, mesmo crescendo pouco, investe em capacitação

ENQUANTO ISSO... E PARAÍBA DO SUL? UMA VERGONHA!
ONDE OS INVESTIMENTOS EM PROFISSIONALIZAÇÃO?
COM ALGUNS GOVERNANTES COM A SEGUINTE MENTALIDADE:
"Em Paraíba do Sul não falta trabalho, o problema é que as pessoas querem emprego"
FICA QUASE IMPOSSÍVEL GERAR EMPREGO!
VEJAM MATÉRIAS DO ENTRE-RIOS JORNAL:

Sapucaia - Publicado em 28/09/11 10h05
Prefeitura de Sapucaia promove curso de mecânica de motos
Autor: Redação

A Prefeitura de Sapucaia, em parceria com Furnas, abriu nesta terça-feira (27) vagas para curso profissionalizante de mecânica de motocicletas. As inscrições estão abertas hoje (28) e as aulas terão início em outubro.

A seleção dos candidatos inscritos acontece amanhã (29) e o curso será ministrado pelo SENAI.

Os interessados devem se dirigir à Casa de Cultura Manoelina Vieira Francisco, sito à Rua Fernando Mauro Jannotti Silva, 130 – Pátio da Estação – Centro de Sapucaia. Para se inscrever é necessário apresentar cópia da identidade. Maiores informações pelo telefone (24) 2271-1413. As vagas são limitadas.


Três Rios - Publicado em 26/09/11 13h37
Três Rios oferece cinco novos cursos pela Escola Municipal de Qualificação Profissional
Autor: Redação

Na noite da última terça-feira (20), a Escola Municipal de Qualificação Profissional realizou mais uma aula inaugural dos cursos oferecidos pelo Governo Municipal com o objetivo de qualificar as pessoas da cidade para atender ao aquecido mercado de trabalho que acompanha o crescimento de Três Rios.

Os novos cursos oferecidos pela escola são de pedreiro, informática básica, gestão administrativa em vendas, almoxarifado e mecânica de freios e suspensão – diesel.

Estiveram presentes na solenidade que aconteceu no auditório do Colégio Municipal Walter Franklin, o prefeito Vinicius Farah, o vice-prefeito José Ricardo, o diretor da Escola Municipal de Qualificação, Adauto de Oliveira, o parceiro do curso Pedreiro Aprendiz, o empresário Rodrigo Zaquieu, o secretário de Educação e outros membros do Governo Municipal, além dos 236 alunos inscritos nos cursos.

 “Nosso governo se preocupa em qualificar as pessoas, para que elas possam ter condições de entrar no competitivo mercado de trabalho qualificadas. Não adianta trazer empresas para o município, sem preparar a mão de obra local. Nós investimos na nossa cidade, para que os moradores de Três Rios trabalhem nas grandes empresas que estão se instalando aqui. Trabalhamos todos os dias para transformar a vida dos cidadãos trirrienses e por isso, além da qualificação, nós investimos em todos os setores, para que a população tenha qualidade de vida”  – declarou o prefeito Vinicius Farah.
As aulas começam na próxima semana no Colégio Municipal Walter Franklin. Com informações da Divulgação PMTR


Areal - Publicado em 29/09/11 13h52
Areal registra o maior crescimento econômico na Microrregião Centro-Sul em 2011
Autor: Riley Rodrigues

O Ministério do Trabalho e Emprego divulgou na terça-feira (27) as informações sobre o mercado formal de empregos de Areal, Comendador Levy Gasparian e Sapucaia. Os dados sobre os municípios não são divulgados juntos com os de Três Rios e Paraíba do Sul por possuírem menos de 20 mil habitantes, o que faz com que as informações demorem mais duas semanas para se tornarem públicas.

            Entre janeiro e agosto foram gerados em Areal 527 vagas de empregos formais, mais que as 294 de Paraíba do Sul e próximo das 550 de Três Rios. Esses dados mostram que a cidade, seis vezes menor que Três Rios, registrou, no período, um crescimento econômico mais acelerado. Isso faz de Areal o município com maior crescimento econômico proporcional na Microrregião Centro-Sul Fluminense em 2011.

            O setor de serviços registra o melhor desempenho, com a geração de 485 vagas permanentes. Os únicos dois setores nos quais a força de trabalho formal diminuiu no período foram agropecuária (-7) e SIUP (-1). As ocupações que mais contrataram foram faxineiro, auxiliar de escritório, vigia, telefonista e técnico de enfermagem. Já as ocupações que mais demitiram foram recepcionista de consultório médico ou dentário, vendedor de comércio varejista, auxiliar de enfermagem (substituídos por técnicos), comerciante varejista.
            Em Sapucaia foram gerados 111 empregos formais entre janeiro e agosto. Município com maior presença agrícola na microrregião, Sapucaia teve da agropecuária a segunda maior fonte geradora de vagas, com 38, atrás da indústria de transformação. As ocupações que mais contrataram foram alimentador de linha de produção, servente de obras, mecânico, auxiliar de escritório e faxineiro. Já as que mais demitiram foram ajudante de motorista, estivador, padeiro, costureiro e cozinheiro.

            Comendador Levy Gasparian foi o único município da microrregião em que não foram geradas vagas formais em 2011. O saldo entre admissões e desligamentos ficou em zero. O município, o menor do Centro-Sul, também é o único em que a economia está estagnada, sem geração de empregos. Com isso a população se torna cada vez mais dependente dos municípios vizinhos, especialmente Três Rios, para entrar no mercado de trabalho. No município as ocupações que mais empregaram foram auxiliar de escritório, servente de obras, administrador, vendedor pracista e vendedor de comércio atacadista. Já as ocupações que mais demitiram foram assistente administrativo, recepcionista, cartonageiro, ascensorista e técnico em secretariado.
Veja nas tabelas o comportamento do mercado de trabalho formal nos municípios.

Nenhum comentário: