AQUELE QUE VIVE DE SONHOS

AQUELE QUE VIVE DE SONHOS, É FELIZ E HONRADO!
Nossa cidade merece sorrir!
Através deste blog você fica conhecendo minhas idéias, meu trabalho e interage comigo, contribuindo para o meu crescimento pessoal e profissional! Sinta-se à vontade para comentar!Grato!
‎"Quem não pode atacar o argumento ataca o argumentador."

Este Blog dedica-se à política na esfera municipal em qualquer parte do país. Logo, casos de corrupção em nível estadual e federal estão disponíveis apenas no meu Facebook. Raramente trato deles aqui.
Me adicione no Facebook: Aldeir Félix Honorato
Siga-me no Twitter: @AldeirFHonorato

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Levy Gasparian, Paraíba do Sul e Sapucaia possuem condições ideais para o cultivo de seringueiras

Região - Publicado em 17/06/11 14h20
Autor: Riley Rodriguez
O estudo “Zoneamento Climático da Heveicultura no Brasil”, realizado pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa, mostra que na Microrregião Centro-Sul Fluminense os municípios de Comendador Levy Gasparian, Paraíba do Sul e Sapucaia possuem condições térmicas e hídricas satisfatórias ao desenvolvimento vegetativo da seringueira. A região também apresenta condições que reduzem o risco da ocorrência da principal doença a atingir os seringais, o chamado “mal-das-folhas”.

Segundo o estudo, realizado pelos especialistas em heveicultura Ângelo Paes de Camargo, Fábio Ricardo Marin, Marcelo Bento Paes de Camargo, os municípios apresentam temperatura média anual acima de 18ºC, temperatura média no mês mais frio do ano entre 15ºC e 20ºC e deficiência hídrica anual de 1mm a 300mm.

Uma boa notícia para quem deseja investir na heveicultura foi a criação, em março, de uma linha de financiamento do Banco do Brasil com R$ 30 milhões. Quem se habilitar ao financiamento terá carência de oito anos, prazo para pagamento de 14 anos e juros de 6,75% ao ano. Além da linha de financiamento do Banco do Brasil existe ainda o Programa de Plantio Comercial e Recuperação de Florestas (Propflora), com limite de financiamento de R$ 300 mil e taxa de juros de 6,75% ao ano.

O mercado é bastante promissor para o setor, uma vez que o Brasil acumula déficit na balança comercial no segmento, que chegou a US$ 800 milhões em 2010 e deverá chegar a US$ 1,3 bilhão esse ano. Atualmente cerca de 70% da borracha seca consumida no país é importada. Por ano o Brasil produz cerca de 120 mil toneladas e consome 360 mil toneladas. Para novos investimentos existem um grande mercado, uma vez que o consumo de borracha vegetal cresce 6,5% ao ano e a área cultivada apenas 4,5%. Outro fator estimulante é que a borracha sintética, derivada do petróleo, fica mais cara a cada oscilação do preço do barril no mercado internacional, aumentando a procura pela borracha natural.

O Brasil, que já foi o maior produtor do mundo até a década de 1950, atualmente responde por apenas 1,3% da produção (incluindo toda a América Latina), enquanto 95% da produção, cerca de 5,7 milhões de toneladas, têm origem na Tailândia, Indonésia e Malásia.

Veja no quadro a relação despesa-receita do investimento em seringais, segundo o Grupo Hevea Brasil Seringueiras, maior produtor de sementes do país. Segundo o grupo, a heveicultura garante um lucro de R$ 1 mil líquido por alqueire/mês.


Nenhum comentário: